Autor: Pedro Meirelles

Mestrando em Cultura e Territorialidades pela Universidade Federal Fluminense, formado em Estudos de Mídia pela mesma instituição. Interessado em pesquisa digital, métodos digitais, análise de dados, cultura, sociedade e Nordeste. Pesquisador no Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados. (+)
Guias

Pesquisa acadêmica com dados de mídias sociais: por onde começar?

No prefácio do livro "Análise de Redes para Mídia Social" (2015), o sociólogo Marc A. Smith introduz a obra de Raquel Recuero, Marco Bastos e Gabriela Zago dando destaque sobretudo à emergência do aparato teórico-metodológico que permitiu a popularização dos estudos de redes a partir de dados da internet. "Enquanto nossa sociedade adota a mídia social como um novo fórum para o discurso público, criando uma praça pública virtual, há uma necessidade crescente de ferramentas e métodos que possam documentar esses espaços [...]", explica. A mídia social pode ser um fluxo desconcertante de comentários, uma assustadora mangueira de incêndio esperramando…

Livros

Introdução à análise de redes sociais online: quais são os principais conceitos?

[Este post faz parte de uma série de resumos comentados do e-book "Introdução à análise de redes sociais online" (2017), de Raquel Recuero] No post anterior, vimos os precedentes da análise de redes muito antes de chegarmos às redes sociais na internet (ou aos sites de redes sociais). Em resumo, no primeiro capítulo do e-book, Raquel Recuero apresenta as duas teorias metodológicas fundadoras do pensamento de redes: a Sociometria de Jacob Moreno e a Teoria dos Grafos da matemática. São desses pilares que surge a análise de redes sociais, cuja origem pode ser remontada ainda à primeira metade do século…

Livros

Introdução à análise de redes sociais online: o que é a análise de redes?

[Este post faz parte de uma série de resumos comentados do e-book "Introdução à análise de redes sociais online" (2017), de Raquel Recuero] Em abril de 2017, publiquei aqui no blog o texto "A minha saga com redes sociais (ou por que é importante compreendê-las)", no qual contava um pouco da minha relação com redes sociais enquanto abordagem teórico-metodológica. Nesta época estava começando a escrever meu TCC (sobre identidade nordestina em sites de redes sociais) e tinha acabado de dar início também (como relato no post) ao curso de Análise de Redes para Mídias Sociais do IBPAD. Em dezembro desse…

Análises

Os maiores absurdos que um sudestino já te disse

Passeando pelo Twitter algumas semanas atrás, me deparei com o da user @lhonoratus que reproduzo abaixo. Chegou até mim através de um retweet de uma amiga, que respondia à provocação da usuária compartilhando uma dessas situações absurdas com que teve que lidar diante de sudestinos. Eu, particularmente, acho essa categoria muito interessante por si só, pensando que é uma "identidade" que tenho visto pipocar principalmente no Twitter já há alguns anos, no mesmo tom desse tweet que chegou até mim. Acho que essa exploração já rende muita discussão, mas aqui tentei focar apenas neste caso. Com as mais de…

Análises

Diários da Quarentena: relatos de tuiteiros em reclusão

No dia 23 de março de 2020, o blog da Companhia das Letras inaugurou a série "Diários do isolamento", parte do projeto Leia Em Casa, cerca de duas semanas após a maioria das cidades e estados brasileiros decretarem oficialmente o período de quarentena. Um mês depois, o projeto foi pauta na matéria Querido diário: por que a pandemia inspira tantos relatos autobiográficos, da UOL TAB, que também elencou o alemão Coronarchiv e o estadounidense Corona Diaries como iniciativas acadêmicas de historiadores para criar um registro robusto dos tempos atuais. Memórias, relatos e registros autobiográficos podem ser importantes fontes para o…

Análises

O Brasil segundo o Twitter em 6 mil imagens

De tempos em tempos, usuários do Twitter aderem a novas tendências ou piadinhas "internas" que, na maioria das vezes, acaba se proliferando para outros espaços da web. No final de maio deste ano, o site foi tomado pela seguinte frase: "this represents Brazil more than soccer and samba" (isso representa o Brasil mas do que futebol e samba, em tradução livre) - que vinha sempre acompanhada de uma ou mais imagens. Tudo começou com o seguinte tweet (pelo menos foi o mais antigo que consegui encontrar) do usuário @Celso_Piazzi10 que rapidamente viralizou: Rapidamente milhares de usuários entraram na onda…

Análises

Para você, o que é ser nordestino?

Na semana retrasada, enquanto navegava pelo Facebook, encontrei uma publicação da página Nordestinos que, em comemoração ao Dia do Nordestino (8 de outubro), questionava aos seus seguidores: pra você, o que é ser nordestino? Achei bem interessante porque imediatamente lembrei que foi literalmente essa uma das perguntas do meu trabalho de conclusão de curso na graduação, com um quórum muito menor. Na monografia, intitulada "O que faz ser nordestino no Facebook: escolhas da construção identitária nos sites de redes sociais", selecionei 18 pessoas - duas de cada estado do Nordeste - para responder a um simples questionário, que basicamente perguntava…

Livros

Um discurso sobre as ciências

O texto "Um discurso sobre a ciências" (1987), de Boaventura de Sousa Santos, chegou até mim na primeira aula de Epistemologias que tive na pós. Refiro-me a ele como texto porque, ao lermos na própria sala de aula, ainda não tinha ciência de que aquele artigo de 22 páginas já havia sido publicado como livro com mais de 90 páginas em sua oitava edição pela Editora Cortez. Não suficiente, uma continuação com textos de vários autores compunham a coletânea "Conhecimento prudente para uma vida decente - 'um discurso sobre as ciências' revisitado", de 2004. Do mesmo modo que sua primeira…

Pesquisas

Os estereótipos mais comuns nos anúncios do Facebook

O Facebook divulgou na semana passada o relatório "Dados, Diversidade e Representação: Por uma publicidade mais inclusiva na América Latina", desenvolvido a partir de um levantamento interno que analisou milhares de campanhas realizadas na plataforma entre 2017 e 2018. Produzido junto à consultoria 65 / 10, o documento une o discurso de responsabilidade social da publicidade à provocação da realidade baseada em dados para mostrar como as marcas devem tomar ação imediata para mudar o cenário atual, que reforça estereótipos e não corresponde com suas audiências. "Nossa missão é incentivar e apoiar as empresas que se dispõem a trilhar esse…

Artigos

Entre identidade e representação: uma análise exploratória da produção acadêmica sobre nordestinos

*Texto originalmente produzido para o XV ENECULT - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, submetido e não aprovado para o GT de Culturas e Identidades. Pedro Meirelles(1) Nas últimas décadas, diversas produções acadêmicas têm se dedicado a compreender como a cultura nordestina tem sido (re)produzida em/para produtos culturais e midiáticos que (re)constroem os sentidos em torno do que significa Nordeste e ser nordestino. Esses trabalhos surgem como esforço coletivo para pensar sobre uma identidade conjugada na esfera cultural da sociedade brasileira que se formou de maneira muito específica, constantemente no lugar de oposição – não necessariamente de forma combativa, mas…

E-books

Histórico das APIs no monitoramento e pesquisa em mídias sociais

Quando eu comecei a trabalhar com monitoramento, em dezembro de 2015, o Facebook já tinha matado de vez a possibilidade de coleta de posts públicos no feed da plataforma. Ou seja, quando eu entrei no mercado, o caos que agitou empresas e agências já tinha sido razoavelmente controlado para o ano seguinte, com algumas alternativas surgindo para suprir essa valiosa lacuna - como escrevi nesse outro post, a exemplo da popularização das disciplinas de Etnografia e Análise de Redes, além do redirecionamento para CRM. Desde então, fora algumas perdas pontuais, não tivemos muitas mudanças no cenário - até que 2018…