Autor: Pedro Meirelles

Faço o curso de Estudos de Mídia na UFF, onde aprendi que Bourdieu, Hall e tantos outros autores podem ser úteis para entender melhor o mundo. Comecei a trabalhar com monitoramento em dezembro de 2015 e desde então tenho voltado meus estudos para o assunto. Gosto de pensar a internet e seus rastros digitais como frutos de sociabilidade. (+)
Análises

Mapeando o Nordeste no Facebook: primeiros apontamentos com análise de redes sociais

Embora possa por vezes parecer eterna ou natural aos brasileiros, a ideia de Nordeste é de pouco mais de um século, sua origem remontando à reação política ao desmantelamento das economias do açúcar e do algodão e à busca de uma solução para a crise enfrentada conjuntamente pelas províncias brasileiras que delas dependiam. É somente nesse momento que começa a ruir a percepção provincial então vigente e que se elabora um discurso regionalista e nordestino, o qual se define e se afirma não apenas em oposição ao seu “outro” mais próximo – o ‘Sul’ cafeeeiro –, mas também em relação…

Guias

Profissão Social Media: mídia/social ads – da teoria à prática

Desde o início desta série bato na tecla que o trabalho de social media, a grosso modo e na prática, pode ser comumente associado ao simples processo de 1) produção de conteúdo e 2) investimento de mídia. Não que essas duas funções sejam essencialmente simples, como já trouxe no Profissão Social Media: Criação de Conteúdo e como veremos a seguir neste post, mas essas são as duas frentes mais "visíveis" do escopo associado a social media. Uma vez que foi dessa problemática onde surgiu a vontade de fazer o post embrionário e, em seguida, produzir a série em sua totalidade,…

Eventos

18 palestras para assistir no Social Media Week São Paulo 2017 (com gravações na íntegra)

[Atualizado 20/09: disponibilizei aqui no post as gravações feitas pela organização do Social Media Week e patrocinadores para quem não pôde comparecer ao evento] Entre os dias 11 e 15 de setembro acontece em São Paulo mais uma edição do Social Media Week, evento global que reúne anualmente milhares de pessoas em todos os quatro cantos do mundo. Com mais de 200 palestras, a expectativa é que esta edição brasileira supere o público do ano passado de 4.400 participantes, chegando a receber cerca de 5.000 inscritos nas centenas de atividades que acontecerão durante os cinco dias no campus Joaquim Távora da…

Guias

Profissão Social Media: relacionamento – da teoria à prática

No quarto texto da série Profissão Social Media, mais 10 profissionais do mercado foram convidados para falar sobre o trabalho focado em Relacionamento Digital (ou Atendimento, SAC, SAC 2.0, CRM, etc.). Há alguns anos, era difícil dissociar esse tema do trabalho de Social Media em sua noção mais ampla, já que vários "cases" de marcas - bancos, Coca-Cola, etc. - ganhavam notoriedade nas esferas de discussão dos profissionais do mercado principalmente através de menções em portais de comunicação. Muito do que se criou em torno da imagem de "Social Media", na verdade, foi sustentado por esses casos de interação com…

Opinião

Como é o mercado de comunicação digital no Rio de Janeiro (para quem está começando)?

[Texto originalmente publicado no LinkedIn] Por mais que possa parecer óbvio, começo este texto ratificando desde já que se trata de um artigo completamente enviesado. O que trago aqui (para possível debate, talvez -- espero), parte da minha vivência enquanto migrante que veio para a grande metrópole "apenas" para fazer faculdade e tentar, posteriormente, lançar a carreira num mercado supostamente mais consolidado e com mais oportunidades do que o resto do Brasil. E é exatamente com esse ponto que eu começo: quando, em 2012, tentava esquizofrenicamente escolher para qual vestibular prestaria, sabia que muito provavelmente acabaria no Rio de Janeiro…

Eventos

Planner Summit 2017: palestras extras online sobre insights, carreira e diversidade

Cerca de um mês atrás aconteceu mais uma edição do Planner Summit, evento anual da Media Education que tem a proposta de debater, discutir e provocar reflexões acerca do trabalho de planejamento na área de comunicação. Neste ano, além da dobradinha workshop + palestras, a organização preparou também alguns benefícios extras para que o processo de aprendizado não se limitasse aos encontros presenciais: um relatório oficial com as principais ideias levantadas durante o evento e três palestras inéditas divulgadas em seu canal no YouTube. Com a diversidade em pauta, o evento se preocupou em trazer falas que discutissem com propriedade não…

Cursos

Alguns conceitos básicos para entender a análise de redes em mídias sociais

Se você está na graduação e pretende fazer algum trabalho sobre mídias sociais (seja a atividade final de uma disciplina, uma leitura num grupo de estudos ou até mesmo o próprio TCC), provavelmente vai se deparar com o livro Redes Sociais na internet (2009), de Raquel Recuero. A pesquisadora - como já mencionei nesse outro post - é hoje a maior referência na academia brasileira quando o assunto é sites de redes sociais (e enfatizo o foco nesse recorte específico, já que outros pesquisadores como André Lemos, por exemplo, possui um trabalho extenso sobre cibercultura "em geral" há muito mais…

Guias

Profissão Social Media: criação de conteúdo – da teoria à prática

Talvez um dos mais aguardados de toda a série, chegou a vez do Profissão Social Media: Criação de Conteúdo! Digo isso (não apenas pelo meu pequeno atraso, mas) porque acredito que é aqui onde todos (ou pelo menos muitas pessoas) começam. Meu primeiro estágio numa pequeníssima agência de marketing digital em Niterói foi criando conteúdo - embora o título fosse "Estagiário de Social Media". Foi também o combustivo para que eu criasse o Estudando Social Media, na tentativa de encontrar outras possibilidades para além do conteúdo que me permitissem atuar em social media sem ter que trabalhar diariamente no Photoshop - e…

Artigos

Fronteiras cambiantes da exposição pública e privada: Instagram Stories x Snapchat

Quem me segue no Twitter sabe que eu sou um grande entusiasta do Snapchat. Não tanto pela plataforma em si (também), mas provavelmente (bem) mais pelo meu rancor e ódio constante a tudo que Mark Zuckerberg toca. O modo como ele copiou na cara dura a funcionalidade mais importante do app amarelinho me assusta, mas não tanto quanto me assusta o fato de as pessoas terem lidado com isso "numa boa" - já não sei mais do que esse cara não é capaz, e aparentemente estamos ok com isso. Um mês atrás o Business Insider divulgou um gráfico da ascensão…